Gravidez

11 Sintomas de Gravidez

Embora nem todas as mulheres os experimentem e eles não sejam obrigatórios, alguns sintomas de gravidez são comuns no início da gestação. Ao longo deste artigo, vamos abordar os primeiros 11 sintomas de gravidez.

Se você tiver mais do que um desses sintomas, deverá fazer um teste de gravidez ou consultar o seu médico, para confirmar.

Lembre-se que a forma mais fiável de confirmar se está ou não grávida é fazer um teste de gravidez. Os testes de farmácia são fiáveis, quando o resultado é positivo, no entanto, podem existir falsos negativos.  Se efetuar tiver um teste negativo de gravidez e passado uma semana, continuar com ausência de menstruação e sintomas que se assemelha a gravidez, consulte o seu médico.

Ao longo deste artigo vamos falar dos 11 primeiros sintomas na gravidez:

Sinais e sintomas de gravidez

Alterações no ciclo menstrual

O sintoma mais frequente e que pode dar o alerta que está grávida é a ausência de menstruação. Na gravidez os níveis de progesterona aumentam, o que faz interromper o ciclo menstrual. 

No entanto, a ausência de menstruação, por si só, não indica que está grávida. É importante lembrar que pode haver outras razões para a ausência de menstruação, como: stresse, menopausa, problemas de saúde. 

Mamas sensíveis e aumentadas

Durante a gravidez, o corpo da mulher sofre algumas mudanças, algumas delas, surgem logo no primeiro trimestre de gravidez, como, o inchaço das mamas, escurecimento da auréola e mamilo, sensibilidade na mama. 

Isso ocorre porque os seios começam preparar-se para a amamentação, o que pode levar a mudanças na aparência e na sensibilidade dos seios.

Cólica abdominal

No primeiro trimestre da gravidez, a mulher pode sentir algum desconforto na parte inferior do abdómen, sensação de inchaço abdominal, que se pode assemelhar às dores pré-menstruais. A dor é causada pelo início do crescimento do útero e das alterações hormonais.

Alterações no corrimento vaginal

Um dos primeiros sinais de gravidez é um discreto sangramento vaginal. No entanto, nem todas as mulheres têm este sinal e as que o apresentam por vezes não o reconhecem como sinal de gravidez.

O sangramento ocorre devido à implantação do óvulo fecundado na parede do endométrio, chamado fase de nidação e pode durar no máximo 3 dias.

Enjoos 

Náuseas, enjoos e vómitos são um sinal clássico de gravidez, que decorre entre a 5ª a 6ª semana. Cerca de 70% das mulheres grávidas têm enjoos no primeiro trimestre.

Os enjoos ocorrem com maior frequência  de manhã, mas pode acontecer a qualquer momento do dia ou da noite. Normalmente este sintoma melhora por volta das 13 / 14 semanas de gestação.

No entanto, há casos mais graves em que os enjoos são tão intensos, que a grávida não consegue alimentar-se. Este quadro é conhecido como hiperêmese gravídica e necessitam de acompanhamento médico.

As causa dos enjoos não são completamente conhecidas, mas acredita-se que são devido ao aumento da produção da hormona hCG, conhecida como a hormona da gravidez. Esta hormona é produzida em grande quantidade quando o embrião se implanta no útero.

Alterações de humor

Durante a gravidez, o corpo produz mais hormonas, o que pode levar a alterações no humor e ao aumento da sensibilidade emocional. Algumas mulheres podem se sentir mais irritadas ou ansiosas do que o normal durante a gravidez. No entanto, é importante lembrar que essas alterações de humor são temporárias e geralmente desaparecem após o parto.

Mais vontade de urinar

Por volta das seis/ oito semanas de gravidez, a grávida começa a sentir vontade de urinar com maior frequência.

Isto acontece devido ao aumento do fluxo sanguíneo, que estimula os rins a trabalhar mais e a mulher sente necessidade de ir mais vezes urinar.

Prisão de Ventre

Por volta da quinta / sexta semana de gravidez, algumas mulheres sofrem de prisão de ventre, isto acontece devido aos níveis elevados progesterona.

Cheiros e sabores alterados

Por volta da 6ª semana de gravidez, as mulheres queixam-se de alterações dos cheiros e sabores.

Algumas mulheres referem ter sensação de sabor metálico na boca, sofrem alterações nos odores e começam a não tolerar alguns odores. 

As alterações no paladar e olfato, levam a mulher a perder o interesse por alguns alimentos e pratos, e podem surgir os famosos ‘desejos’, por pratos que antes não apreciava.

Cansaço e /ou sonolência

O cansaço e o sono excessivo são um dos primeiros sintomas de gravidez que surgem desde a 2ª semana de gestação e vai aumentando ao longo das 12 primeiras semanas.

As mudanças hormonais e ao aumento da necessidade de energia para sustentar o crescimento do bebé, são os principais motivos para a grávida se sentir mais cansada e sonolenta.

Tonturas e dores de cabeça

As tonturas e dores de cabeça no início da gravidez são sintomas comuns e geralmente não são motivo de preocupação. Normalmente ocorrem devido à queda da pressão arterial, da redução da glicose no sangue e da má alimentação devido aos enjoos e vómitos frequentes no primeiro trimestre de gravidez. Lembre-se que é importante mencionar qualquer sintoma persistente ao seu médico obstetra e/ou enfermeiro.

As tonturas e dores de cabeça podem ocorrer nas primeiras 5 semanas de gravidez.

Tags

Sobre o autor

Avatar photo

lpereira

Licenciada em enfermagem desde 2009, com uma vasta experiência na área em vários países, como: Portugal, França e Suíça. Mãe de uma menina desde 2018, os desafios da maternidade e a minha paixão pela escrita motivou-me a partilhar os meus conhecimentos e experiências com outras mães e com futuras mamãs.