Gravidez

Quinta semana de gravidez

Mulher grávida

A quinta semana de gravidez é um momento crucial no desenvolvimento do bebé. Nesta fase, o embrião começa a formar e a desenvolver os principais órgãos e sistemas.

Nesta fase o feto começa a formar as estruturas do rosto, como os olhos, o nariz, a boca e as orelhas, e os braços e as pernas começam-se diferenciar. O cérebro e a medula espinhal também se continuam a desenvolver. O coração do bebé começa a bater e a bombear num ritmo acelerado. O embrião também começa a produzir alguns movimentos, embora estes ainda não sejam visíveis.

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que acontece com o seu corpo e com o seu bebé durante a quinta semana de gravidez, incluindo o desenvolvimento do embrião, mudanças no útero e sinais e sintomas comuns. Além disso, vamos discutir dicas e recomendações para garantir uma gravidez saudável e tranquila.

O que acontece durante a quinta semana de gravidez?

Mudanças no feto

Na quinta semana de gravidez, o embrião adquire uma forma semelhante a de um cavalo-marinho. Já tem a cabeça e o tronco distintos. Os principais órgãos e sistemas também se começam a formar.

O cérebro e a medula espinhal já estão presentes, e os olhos, o nariz, a boca e as orelhas começam-se a desenvolver. Os braços e as pernas também se começam a diferenciar, mas mãos e os pés ainda não estão formados. O coração começa-se dividir em quatro câmaras e começa a bater, e os vasos sanguíneos começam-se a formar. O sistema nervoso também se começa a desenvolver nesta fase. O embrião também começa a produzir alguns movimentos, embora estes ainda não sejam visíveis.

Além disso, a medula óssea começa-se desenvolver e os músculos e ossos também se começam a formar. O sistema digestivo também se começa a desenvolver nesta fase, incluindo o estômago, o fígado e o pâncreas, assim como. O sistema urinário também se começa a desenvolver nesta fase, incluindo os rins e a bexiga.

Na quinta semana de gravidez a placenta primitiva e o cordão umbilical, responsáveis por fornecer nutrientes e oxigénio ao embrião, já estão em funcionamento e o saco amniótico já se encontra formado.

Mudanças no corpo da mãe

Na quinta semana de gravidez, algumas mudanças podem ocorrer no corpo da mãe. Tais como:

Formação do rolhão mucoso:

Durante a quinta semana de gravidez, o colo do útero começa a produzir um líquido especial chamado ‘rolhão mucoso’. Este líquido é produzido pelas glândulas do colo do útero e ajuda a proteger o embrião. O ‘rolhão mucoso’ é uma espécie de barreira natural contra infeções e, além disso, ajuda na implantação do embrião no colo do útero.

Fadiga:

A fadiga é um sintoma comum durante a gravidez, especialmente durante as primeiras semanas e meses. Isso ocorre devido a uma série de fatores, incluindo mudanças hormonais, aumento do fluxo sanguíneo e mudanças físicas e emocionais no corpo.

Os níveis elevados de progesterona, podem causar sonolência e cansaço. A progesterona age como um sedativo natural no corpo, o que pode causar sonolência e dificuldade em se manter acordado.

Além disso, o aumento do fluxo sanguíneo para o útero, os seios e outras áreas do corpo pode causar cansaço e fadiga. O corpo precisa de mais sangue para suportar o desenvolvimento do feto e fornecer nutrientes e oxigénio.

A fadiga também pode ser causada por mudanças emocionais e físicas no corpo, como alterações no sono, dores de cabeça e náuseas.

É importante lembrar que a fadiga é normal durante a gravidez e que é importante ouvir o corpo e descansar o suficiente. Se a fadiga é grave ou impede a realização das atividades diárias, é importante conversar com o seu médico para despistar outras causas para a fadiga.

Mudanças de humor:

Durante a quinta semana de gravidez, o corpo da mulher está a passar por muitas mudanças hormonais, o que pode causar algumas alterações de humor.

Uma das principais causas das alterações de humor durante esta fase é a elevação dos níveis de progesterona. A progesterona é um hormona importante na gravidez, pois ajuda a preparar o corpo para o desenvolvimento do feto. No entanto, os níveis elevados de progesterona também podem causar cansaço, sono excessivo e alterações de humor, incluindo ansiedade e depressão.

Outra causa comum de mudanças de humor na quinta semana de gravidez é a fadiga. O corpo da mulher está trabalhar muito para se adaptar às mudanças hormonais e para o desenvolvimento do feto, o que pode deixá-la cansada e stressada. A fadiga também pode levar a sentimentos de ansiedade e depressão.

Náuseas e vómitos:

As náuseas matinais são um dos sintomas mais comuns durante a quinta semana de gravidez. Elas podem ser causadas pelo aumento dos níveis de progesterona e gonadotropina coriônica humana (hCG), que são hormonas importantes para o desenvolvimento do feto. Esses sintomas geralmente ocorrem de manhã, mas podem se estender durante todo o dia.

Os vómitos também podem ser comuns durante a quinta semana de gravidez. Eles podem ser causados ​​pela sensação de enjoo e pela acidez estomacal. Esses sintomas podem ser desagradáveis, mas geralmente são temporários e desaparecem por volta da 12ª semana de gravidez.

Ficam aqui algumas dicas que pode fazer para aliviar as náuseas e vómitos durante a quinta semana de gravidez, tais como: comer pequenas refeições ao longo do dia em vez de três refeições grandes pode ajudar a manter o estômago cheio e evitar a sensação de enjoo; comer alimentos ricos em carboidratos, como torradas ou bolachas, podem ajudar a aliviar a sensação de enjoo; beber líquidos entre as refeições também pode ajudar a aliviar a sensação de náusea.

É importante lembrar que as náuseas e vómitos são sintomas comuns durante a quinta semana de gravidez e geralmente desaparecem por si só. No entanto, se esses sintomas forem graves e afetarem a qualidade de vida, é importante falar com o seu médico para obter ajuda e orientação.

Sensibilidade nos seios:

Na quinta semana de gravidez, é comum sentir algumas mudanças e sensações no corpo, como sensibilidade nos seios.

Os seios são uma das primeiras partes do corpo a sofrer mudanças durante a gravidez, pois, eles precisam de se preparar para produzir o leite materno. Isso pode causar sensibilidade e inchaço, o que pode ser bastante desconfortável para algumas mulheres. É importante saber que essa sensibilidade é normal e que é um sinal de que o corpo se está a adaptar à gravidez.

Além da sensibilidade, os seios também podem ficar mais pesados e maiores durante essa fase. Algumas mulheres também podem notar uma mudança na cor da pele dos seios e até mesmo a aparição de pequenos nódulos. Todas essas mudanças são normais e normalmente desaparecem após o parto.

É importante lembrar que cada mulher é diferente e que algumas podem sentir essas mudanças de forma mais intensa do que outras.

Deixamos aqui algumas dicas que podem ajudar a aliviar a sensibilidade nos seios:

  • Use sutiãs de algodão e evite os de tecido sintético
  • Evitar banhos quentes e opte por banhos mornos ou frios
  • Use cremes hidratantes específicos para seios
  • Evite usar roupas muito apertadas

Se a sensibilidade nos seios estiverem a causar muito desconforto, é importante conversar com o seu médico ou enfermeiro para que eles a possam ajudar.

Mudanças no apetite:

Durante a quinta semana de gravidez, os níveis de hormonas no corpo da mulher começam a aumentar, o que pode causar alterações no apetite. Algumas mulheres podem sentir um aumento no apetite, enquanto outras podem sentir uma diminuição. É importante saber que essas mudanças no apetite são normais e fazem parte do processo de gravidez.

Algumas mulheres podem sentir um aumento no apetite devido ao aumento dos níveis de progesterona, o que pode fazer com que elas sintam mais fome do que o normal. Outras mulheres podem sentir uma diminuição no apetite devido ao aumento dos níveis de estrogénio, o que pode causar náuseas e vómitos. É importante lembrar que cada mulher é diferente e que algumas podem sentir essas mudanças de forma mais intensa do que outras.

Ficam aqui algumas dicas que podem ajudar a lidar com as mudanças no apetite durante a quinta semana de gravidez :

  • Comer pequenas refeições ao longo do dia, em vez de três refeições grandes
  • Escolher alimentos saudáveis, ricos em nutrientes e fáceis de digerir
  • Beber muita água para evitar a desidratação
  • Escutar o seu corpo e comer quando estiver com fome
  • Fazer exercícios moderados para manter o apetite sob controlo

Mudanças na frequência urinária:

Nesta fase, é comum a futura mamã, sentir mudanças na frequência urinária, o que pode ser um pouco desconfortável para algumas mulheres.

Durante a quinta semana de gravidez, os níveis das hormonas no corpo da mulher começam a aumentar, o que pode causar mudanças na frequência urinária. Algumas mulheres podem sentir um aumento na frequência urinária devido ao aumento do sangue e do líquido no corpo, enquanto outras podem sentir uma diminuição devido ao aumento da pressão na bexiga. É importante saber que essas mudanças na frequência urinária são normais e fazem parte do processo de gravidez.

Além disso, o crescimento do útero também pode contribuir para essa sensação de urgência urinária. Em alguns casos, a frequência urinária pode ser mais frequente durante a noite, o que pode interferir no sono.

Ficam aqui algumas dicas que podem ajudar a lidar com as mudanças na frequência urinária durante a quinta semana de gravidez:

  • Beber muita água para evitar a desidratação
  • Evitar bebidas diuréticas, como cafeína e álcool
  • Evitar fazer esforço quando precisar urinar
  • Usar roupas largas e confortáveis
  • Fazer exercícios de Kegel para fortalecer os músculos da bexiga

Dores de cabeça:

As dores de cabeça são comuns durante a gravidez e podem ser causadas por uma série de fatores, incluindo as mudanças hormonais, stresse e alterações na pressão arterial. Na quinta semana de gravidez, é especialmente importante estar atenta a esses sinais, pois eles podem indicar problemas mais graves, como pré-eclâmpsia.

É importante mencionar que o uso de analgésicos comuns, como a aspirina e o ibuprofeno, deve ser evitado durante a gravidez, pois eles podem causar problemas ao feto. Pode optar por métodos naturais para aliviar as dores de cabeça, como descanso adequado, boa hidratação e exercícios leves, ou se necessário recorrer ao paracetamol.

É importante não ignorar esses sinais e tratá-los de forma adequada, para garantir a saúde da mãe e do bebé.

Mudanças na pele:

Na quinta semana de gravidez as futuras mamãs podem notar algumas alterações na sua pele, que são normais e fazem parte do processo de gestação.

A pele é o maior órgão do corpo humano e é afetada por todas as alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez. A produção de estrogénio e progesterona aumenta, o que pode causar o aparecimento de manchas escuras na face, conhecidas como melasma. Também é comum que as futuras mães apresentem acne devido à maior produção de sebo na pele.

Além das alterações hormonais, a pele também pode sofrer com inchaço, devido ao aumento de volume sanguíneo e de líquido amniótico. Isso pode causar a sensação de “pele apertada” e vermelhidão nas pernas e pés.

É importante que as futuras mães tenham cuidado com a sua pele durante a gravidez, evitando exposição excessiva ao sol e usando protetor solar diariamente. Também é recomendado evitar o uso de produtos químicos e abrasivos na pele, optando por opções mais naturais e suaves.

Qual é o tamanho do seu bebé na quinta semana de gravidez?

Na quinta semana de gravidez, os embriões medem cerca de 1,5 a 3,0 mm de comprimento, comparável ao tamanho de uma pequena semente de linhaça.

Desenvolvimento do embrião na quinta semana de gravidez e nas restantes semanas.
Desenvolvimento do embrião em semanas

Cuidados a ter na quinta semana de gravidez

Na quinta semana de gravidez é um momento crucial na jornada da futura mamã. Durante este período, o embrião está a desenvolver-se rapidamente e é importante tomar algumas medidas para garantir uma gravidez saudável e segura.

Vamos deixar aqui algumas dicas e conselhos sobre os cuidados a ter durante a quinta semana de gravidez.

É importante manter uma alimentação equilibrada e saudável. Durante a quinta semana de gravidez, o embrião está a formar os seus órgãos internos, e é essencial fornecer os nutrientes adequados para o seu desenvolvimento. É recomendado evitar alimentos gordurosos e fritos, e incluir frutas, legumes e cereais integrais na sua dieta. Além disso, é importante ingerir suficientes vitaminas e minerais, especialmente ácido fólico, que é essencial para o desenvolvimento do sistema nervoso do feto.

Faça exercício regularmente, a atividade física pode ajudar a manter o seu corpo saudável e ajudar a prepará-la para o parto, assim como, ajudar a aliviar a tensão e o stress. No entanto, é importante evitar exercícios de impacto elevado e atividades de risco durante a quinta semana de gravidez. É recomendável optar por atividades suaves, como caminhada, ioga, pilates ou natação. Mas aconselhe-se sempre com o seu médico antes de iniciar a prática desportiva durante a gravidez.

Além disso, é importante ter cuidado com os medicamentos que você toma durante a quinta semana de gravidez. Alguns medicamentos podem ser prejudiciais para o embrião, por isso é importante consultar o seu médico antes de tomar qualquer medicamento. Também é importante evitar o tabagismo e o consumo de álcool, pois ambos podem causar problemas de saúde graves para o feto.

Veja o vídeo da Boa Gravidez onde explica o que se passa com a mãe e com o bebé durante a quarta semana de gravidez:

Leia também:

Tags

Sobre o autor

Avatar photo

lpereira

Licenciada em enfermagem desde 2009, com uma vasta experiência na área em vários países, como: Portugal, França e Suíça. Mãe de uma menina desde 2018, os desafios da maternidade e a minha paixão pela escrita motivou-me a partilhar os meus conhecimentos e experiências com outras mães e com futuras mamãs.